Os Vinhos Barbatoni

Com a idéia de contextualizar e de perpetuar as estórias familiares, a enigmática figura de Antonio, o primeiro Seganfredo a ingressar em terras brasileiras, vindo da Itália, serviu de inspiração para a marca. Em suas inúmeras andanças entre o velho

e o novo mundo, passou por várias colônias italianas, entre elas Alfredo Chaves. Foi designado pároco, posteriormente em Nova Prata, onde recebeu dos colonos, o apelido de Barbatoni, em razão de sua barba cerrada e seu nome Antonio.

Cabernet Sauvignon

Elaborado com uvas Cabernet Sauvignon de cepas italianas, tem a coloração de um rubi esmaecido, quase com uma tonalidade granada, parece ter mais idade. Nariz elegante, grafite, cacau em pó, especiarias, temperos. Em boca, um Cabernet maduro, ótimo equilíbrio, acidez presente com taninos leves, já domados. Final de boca discreto, mas saboroso.

Merlot

Elaborado com uvas Merlot é um vinho de coloração vermelho rubi e aspecto brilhante. Aroma intenso e complexo com notas marcantes. Percebe-se ao fundo toques de frutas vermelhas e especiarias. Em boca, percebe-se toques de taninos maduros. Bom volume de boca e sabor intenso. Apresenta ótima persistência no retrogosto.

Montepulciano

Elaborado com uvas Montepulciano, de cepas italianas, da região da Toscana. Em sua coloração nota-se um vermelho rubi, nariz discreto, mas com notas doces de especiarias, anis estrelado, frutas negras confitadas. O aroma é intenso e frutado.Na boca macio, acidez baixa, taninos doces, percepção de um vinho redondo, no entanto leve, rápido, um tinto de verão. Final de boca curto, mas saboroso, suave e persistente.

Espumantes Casa Seganfredo